Que tal experimentar um novo Catarse? Conheça nossa versão beta!

Project thumb small thumbnail1

Chamada de Mulher IV

Um projeto de Comunidade por Chamada de Mulher 

Loading
Loading
Loading

O evento anual Chamada de Mulher surgiu em 2010, como parte das comemorações de 15 anos de Grupo Nzinga de Capoeira Angola, para discutir o papel da mulher e refletir sobre os impedimentos à cidadania plena dentro e fora da capoeira sofridos diariamente por elas.

A cada ano, o evento ganha mais força e reúne maior número de participantes, entre capoeiristas, feministas, lideranças femininas e militantes da causa, promovendo, assim, ações de combate às discriminações de gênero e sexualidade.

Confira os cartazes das edições anteriores do Chamada de Mulher:

Um pouco da 3a edição do evento, que aconteceu em 2013, em Salvador:

Embora o ponto de partida para a discussão seja o universo da capoeira, o evento se insere em um debate mais amplo, uma vez que a violência contra mulheres acontece cotidianamente e não se limita a um espaço físico, mas atinge todo um corpo social. Por isso, o Chamada de Mulher tece parcerias com entidades e representantes de outras esferas artísticas, intelectuais e políticas.

Jornal A Tarde (2013):

Durante a programação, são realizadas rodas de capoeira protagonizadas por mulheres, treinos conduzidos por mestras de capoeira e palestras sobre temas diferentes ligados à luta feminina a cada edição, além de exibição de filmes, oficinas e passeatas. Este ano, o tema "Autonomia como Resistência" irá nortear as discussões do Chamada de Mulher IV, a fim de identificar ações afirmativas e enfatizar a importância da presença e da autonomia das mulheres na conquista dos espaços de poder.

O debate de sábado, 29/03, problematiza o conceito e as imagens do “feminino”. Contará com a participação da médica Ana Reis, que além de fazer parte do Coletiva Feminista Radical Manas Chicas, é mestre em Estudos Interdisciplinares sobre Mulheres, Gênero e Feminismo (UFBA), e também de Carmen Faustino, do Coletivo Mjiba, cujas ações são direcionadas para fortalecer o protagonismo da mulher negra na sociedade.

Explicação sobre as recompensas Confira ao lado todas as recompensas que estamos oferecendo como contrapartida por sua colaboração. Se você mora em São Paulo, elas poderão ser entregues pessoalmente. Para os que vivem em outras partes do Brasil, enviaremos por correio. No caso da apresentação da Orquestra Nzinga de Berimbaus, será necessário uma consulta de disponibilidade, dependendo do local de apresentação.

Explicação sobre o uso das contribuições feitas através do financiamento coletivo aqui no Catarse:

Para conhecer um pouco mais sobre as edições anteriores do Chamada de Mulher e o trabalho do Grupo Nzinga:

<a target="_blank" href="www.nzinga.org.br">site do grupo nzinga

<a target="_blank" href="https://www.facebook.com/grupo.nzinga.5">página do facebook

<a target="_blank" href="http://polocapoeiras.blogspot.com.br/">blog do mestre poloca

alguns vídeos e fotos sobre o grupo Nzinga: http://nzingafotos.tumblr.com/ http://www.youtube.com/channel/UCa5HLWboV5QTuzOxnZh92Qg http://www.flickr.com/photos/ritabarretoba/8554686056/in/photostream

Loading